Resenha: Novembro, 9

Título: Novembro, 9
Autor(a): Colleen Hoover 
Páginas: 349
Editora: Galera Record
 Sinopse:
Fallon conhece Ben, um aspirante a escritor, bem no dia da sua mudança de Los Angeles para Nova York. A química instantânea entre os dois faz com que passem o dia inteiro juntos – a vida atribulada de Fallon se torna uma grande inspiração para o romance que Ben pretende escrever. A mudança de Fallon é inevitável, mas eles prometem se encontrar todo ano, sempre no mesmo dia. Até que Fallon começa a suspeitar que o conto de fadas do qual faz parte pode ser uma fabricação de Ben em nome do enredo perfeito. Será que o relacionamento de Ben com Fallon, e o livro que nasce dele, pode ser considerado uma história de amor mesmo se terminar em corações partidos?

Resenha:
Precisamos falar sobre Novembro,9.
Gosto de começar esclarecendo fatos, eu peguei o livro em mãos para ler a sinopse e de cara torci o nariz, e o porque? achei a premissa um pouco parecida com "Um dia" e minha relação com esse livro foi de amor e ódio. Mas não podia deixar de ler, era Colleen Hoover ali, e é muito feio julgar algo sem ler. E sabe de uma coisa? Eu teria ficado mortinha de arrependida se não tivesse me jogado de cabeça nesse livro, ali naquele exato momento. 
Quem já leu algum livro da CoHo sabe que tem drama, romance e sempre aquela boa reviravolta que é pra testar os coraçõezinhos dos leitores, nesse é claro não podia faltar.
9 de Novembro,
 uma data qualquer, para qualquer pessoa, menos para Fallon que aos 16 anos passou por uma experiência terrível, vítima de um incêndio acidental onde resultou em cicatrizes em boa parte do lado esquerdo do seu corpo, marcas que não ficaram só expostas na pele,  mas também
 atingiram a alto estima e destruíram a promissora carreira de atriz da garota. Dois anos depois do acorrido, no "aniversário do acidente" Fallon encontra-se com o pai em um restaurante e anuncia que está de partida para Nova York, mas como o típico pai alienado que fala o que quer, desestimula a filha deixando claro que a "aparência" da mesma não é mais favorável para conseguir algum papel. Ben que estava sentado próximo e ouvindo toda a conversa decide então interferir, fingindo ser o namorado de Fallon e colocando o pai dela em seu devido lugar. E é a partir desse dia que a vida deles muda, a atração entre os dois é tão palpável que Fallon e Ben passam o resto do dia juntos, difícil mesmo é a despedida pois Fallon não muda seus planos e naquela noite estaria se mudando para Nova York para fazer testes de elenco e trabalhar com áudio books; Para não perderem a conexão que tinham estabelecido em tão pouco tempo eles decidem se encontrar todos os anos naquela mesma data. Ben aspirante a escritor promete escrever um livro onde eles protagonizariam a estória que seria desenvolvida nesses 5 encontros anuais.
E se nos encontrássemos de novo no ano que vem, no mesmo dia? Todos os anos, faremos isso por cinco anos. Mesma data, mesma hora, mesmo lugar. Vamos continuar de onde paramos esta noite, mas só nesse dia. Vou saber se você está fazendo seus testes de elenco e posso escrever um livro sobre os dias que passamos juntos.
 Nove de novembro passou de "o dia do incêndio" para o dia do encontro. O livro é alternado entre Ben e Fallon a cada 9 de novembro tem a narração de ambas as partes o que deixa o livro mais interessante pois conseguimos saber o que eles estão pensando um sobre o outro. O livro é um misto de emoções pois eles ficam inseguros antes de cada encontro, e não é pra menos, passar um ano longe de uma pessoa, sem saber nada o que se passa com ela, é no mínimo perturbador. 

 Durante os encontros podemos perceber o quanto um faz bem ao outro, Ben faz com que Fallon não se sinta "danificada", ela aprende a se amar do jeito que é, e encarar suas cicatrizes com outros olhos, sabendo que ela tem que agradecer por estar viva. Fallon faz Ben se sentir como nunca havia se sentido com outra garota, ele tem vontade de melhorar, ser alguém melhor, cada encontro fortalece o que eles sentem. 
Mas nem tudo são flores e nesse livro existe sim um enorme plot twist (é uma mudança radical na direção esperada ou prevista da narrativa de um romance, filme, série etc ) O que pode mudar drasticamente o rumo da estória, meu eu dramático amou.

Quotes favoritos:
- Uma das coisas que sempre tento lembrar a mim mesma é que todo mundo tem cicatrizes. Muita gente tem umas ainda piores do que as minhas. A única diferenteça é que as minhas são visíveis e a da maioria das pessoas, não.
Tomara que riam de você, Fallon. Se as pessoas estão rindo de você, significa que você está dando a cara a tapa para ser motivo de riso. Não é todo mundo que tem coragem de se quer dar esse passo.
A única coisa em que não poderia ter sido mais sincero foi sobre sua beleza. E, sim, você tem cicatrizes. Mas quem vê suas cicatrizes antes de ver você não a merece. Espero que você se lembre disso e acredite. Um corpo é simplesmente uma embalagem que guarda os verdadeiros dons que contém. E você é cheia de dons. Altruísmo, gentileza, compaixão. Todas as coisas que importam. 
 OBS:

Essa música se chama November 9 do Griffin Peterson é a trilha sonora do Ben e da Fallon 
podem ficar a vontade para se viciar, assim como eu ♥



XOXO 
Abraços e beijos da Tay

Nenhum comentário

Postar um comentário